Saudade e emigração: o vazio cheio de tudo


Quem está longe sabe melhor do que ninguém falar de saudade. Mas talvez só consiga falar de saudade quem pensa e sente em português.


Sentir saudade é mais do que sentir falta (missing you), é mais do que querer estar junto... sentir saudade é saber que há um oceano que nos separa, que há quilómetros e quilómetros que nos afasta e que nenhuma carta, telefonema ou chamada Skype pode preencher esse vazio.


É difícil definir este sentimento e é difícil de explica-lo a alguém que não têm no ADN as caravelas dos descobrimentos. O que é que fazemos com a saudade?

Bom, a saudade faz parte das nossas vidas, ela ajuda-nos a perceber aquilo que é importante, aquilo que faz parte da nossa pele.


Afastá-la só nos vais afastar de nós. Ouvi-la, vai fazer-nos crescer.